ACONTECEU

Desenvolvimento com arte traz o lixo para a cena

O Centro Cultural Brasil-Cabo Verde recebeu, durante duas semanas, a oficina Desenvolvimento com arte ministrada pelo professor Renato Athayde Dias.

Mais do que ensinar jovens e adultos a aprenderem o trabalho com material normalmente encontrado no lixo, o oficina pretendeu despertar uma nova abordagem da arte, aqui incluído o artesanato.

Durante duas semanas um grupo de uma dezena e meia de pessoas, entre jovens e adultos, revolveu e recolheu lixo, separou e selecionou  materiais que,a partir de uma abordagem teórica do professor Renato Athayde, poderiam transformar-se em algo interessante. O resultado foram dezenas de peças nas quais  de material comprado só entrou cola branca e corda de sisal.

A exposição, patente no CCB-CV há uma semana, para além de mostrar ao público os diversos materiais usados, revela a criatividade de cada um. Alguns dos formandos querem, agora, multiplicar aquilo que aprenderam com grupos de jovens e crianças com os quais trabalham.

Para tal têm como suporte não só a técnica que aprenderam mas, igualmente, o material teórico deixado pelo professor.