DICAS DE CULTURA

Novos nomes na literatura brasileira

Surge uma nova fornada de escritores brasileiros que vale a pena conhecer. A boa nova vem do sul do Brasil.

A região sul do Brasil, terreno fértil da literatura nacional, onde se destacam nomes como Érico Veríssimo,  Mário Quintana ou Dalton Trevisan, apresenta uma nova fornada de escritores. Em destaque Carlos Henrique Shroeder, de Santa Catarina, e Luis Henrique Pellanda, do Paraná. Os dois têm livros novos no mercado.

Autor de oito livros, entre romances e ensaios, Carlos Henrique Shroeder acaba de lançar As certezas e as palavras, livro de contos que, segundo críticos literários brasileiros, são para serem lidos de um só fôlego, já que são curtos e escritos numa linguagem ágil onde o erudito se une ao popular, com essa aposta a significar ganhos para os dois estilos.

Por seu lado o paranaense Luis Henrique Pellanda, com o seu O macaco ornamental, também um livro de contos, estreia-se na literatura. Mas nem por isso tem jeito de estreiante. No seu trabalho mostra-se como um escritor experiente, que envolve o leitor, convidando-o a reflexão. Sendo os seus contos mais extensos do que os de Shroeder, ele deixa a narrativa ser levada pelo próprio interesse de cada história que nem sempre tem final feliz, como espera o leitor.

(Fonte: Jbonline)